Linguagem & Design

SOBRE

Serão encontros teóricos iniciais dedicados ao centenário da escola alemã de artes, arquitetura e design, Bauhaus.

 

O recorte do programa aborda professores e artistas influentes que ajudaram a delinear os fundamentos da linguagem estética que iria revolucionar o mundo. Dentre eles, Gropius, Rietveld, Breuer, Albers e Moholy-Nagy, entre outros.

 

Os encontros possuem 3 horas de duração e são ministrados pelo designer Alex Tonda.

Saiba quando abriremos uma nova turma:

  CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 

Debate sobre os projetos do arquiteto alemão Walter Gropius. Desde suas primeiras obras até a fundação da escola de artes Bauhaus, e o desdobramento do programa dentro do universo do design. Na aula também são discutidas referências correlatas, contexto de produção e a influência de seus pensamentos no cenário atual.

gropius

Debate sobre os projetos do arquiteto e designer holandês Gerrit T. Rietveld. Desde os
primeiros trabalhos, como ourives e assistente de arquitetos locais, até o projeto da cadeira
vermelha e azul, que a convite de Theo Van Doesburg, inaugura a oficina de mobiliário
dentro da Bauhaus. Na aula também são discutidas referências correlatas, contexto de
produção e a influência de seu raciocínio essencialista até hoje.

rietveld 

Debate sobre os projetos do arquiteto e designer húngaro Marcel Breuer. Desde os primeiros
trabalhos em madeira, influenciados pela síntese estrutural da cadeira vermelha e azul de
Rietveld, até o projeto da poltrona Wassily, símbolo do modernismo estruturado por tubos de
aço e inspirado na estética da bicicleta Adler.

breuer

Debate sobre os projetos do artista e teórico alemão Josef Albers. As suas aulas sobre
linguagem dos materiais, dento da Bauhaus, constituíam a parte mais importante do curso
preliminar. Foi chefe da oficina de marcenaria e os experimentos realizados dentro da escola
deram origem às aulas posteriormente ministradas na Black Mountain College, na Carolina do Norte (EUA). Seus ensaios gráficos, assim como a série “homenagem ao quadrado”,
influenciaram a vanguarda americana dos anos 60 e 70.

albers

Debate sobre os projetos do fotógrafo, pintor, designer e professor húngaro László
Moholy-Nagy.
Dentro da Bauhaus, foi mestre da forma no ateliê de metal, e seus
experimentos esculturais em metal lançavam uma nova ótica sobre a fotografia analógica e a
revelação. Estudos de sombra, luz, contrastes e texturas davam continuidade à estrutura
física desenvolvida pelos alunos, enriquecendo as composições como um todo contínuo,
através da fotografia.

moholy-nagy | 28/out 

Debate sobre os projetos do designer industrial alemão Dieter Rams. Como o funcionalismo
da escola Bauhaus influenciou sua linguagem, e como a mesma inspirou a marca norte
americana Apple no desenvolvimento de seus produtos eletrônicos. Durante a “era Braun”,
Rams desenvolveu uma série de objetos guiada pelos 10 princípios do bom design. Além
disso, é responsável pelo sistema inovador de estantes modulares da marca alemã Vitsoe.

rams

Debate sobre os projetos do designer e ativista italiano Enzo Mari. Depois de largar a
faculdade de artes plásticas, Mari começou a desenvolver produtos para algumas notáveis
marcas italianas, entre elas a Danese. Um de seus primeiros produtos foi um brinquedo de
madeira, em que 16 animais são encaixados sabiamente em um retângulo, demonstrando a
capacidade cognitiva e o poder de abstração geométrica do designer frente a um cubo de
madeira maciça. Além das peças industrializadas, também é debatida durante a aula a
influência da obra autoprogettazione no contexto atual da fabricação digital e a questão do
“open design”.

mari

Debate sobre os projetos do designer e teórico italiano Bruno Munari. Notavelmente
conhecido como um grande designer de livros, Munari influenciou gerações de artistas com
seus experimentos gráficos não-funcionais, como ele mesmo chamava suas obras, como as
máquinas inúteis. Através de seus ensaios, Munari inaugura uma série de soluções
estruturais, dignas de um olhar agudo sobre as características dos materiais estudados.

munari 

Debate sobre as obras do artista, arquiteto e designer norte americano Donald Judd. A aula
aborda a carreira completa do artista, desde seus ensaios e críticas de arte, trabalhos de
xilogravura, até a produção de esculturas e a sintaxe minimalista de seu mobiliário. Judd
desenhou e construiu sua própria mobília quando se mudou para o Texas, justamente por
não achar peças que se identificavam com seu estilo de vida. A grande discussão por trás de
seu trabalho remete à relação da escala e do objeto disposto no espaço.

judd

"do lixo ao luxo" 

O que Duchamp, Piet Hein Eek, Tom Sachs, Ingo Mauer, Achille Castiglioni, Martino Gamper
e tantos outros designers/artistas que readaptam materiais tem em comum? Neste encontro,
exemplos de combinações de linguagem, composições, reaproveitamento e o universo do
“upcycling” são debatidos, assim como questões de mercado, senso estético e a sintaxe dos
materiais utilizados.

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon

central de atendimento
+55 11 2628 8678

contato@lab74.com.br

Nossos Endereços |                   

Rua Souza Lima, 318  

Barra Funda, São Paulo, SP

01153-020

Rua Mariz e Barros, 328

Recife Antigo, Recife, PE

50030-120

Rua Crispim Mira, 124

Centro, Florianópolis, SC

88020-540